O que é dropshipping?  

Dropshipping, para facilitar a sua vida, pode ser traduzido como “Sem preocupação com o envio”, e já vamos entender o porquê disso! 

Trabalhando como um modelo de operação, o dropshipping concede ao lojista a oportunidade de vender produtos sem se preocupar com estoques ou envios. Isso tudo se torna responsabilidade exclusiva do fornecedor do produto, com o trabalho do lojista sendo apenas receber os pedidos pela plataforma, podendo ser nacional ou não. 

Percebeu aonde queremos chegar? Uma das preocupações que mais assolam o empreendedor não passa pelo dropshipping! O comerciante trabalha totalmente sem estoque, se tornando dependente do fornecedor, um intermediário do processo de vendas e conquista de clientes.

Dropshipping, Marketplace e E-commerce

São muitos termos nesse meio, nós sabemos! Por essa razão decidimos separar um espaço apenas para te explicar como cada estratégia funciona para que você não se perca nas segmentações, confira!

Antes de irmos a fundo no assunto, saiba que todos esses três processos trabalham como modelos de negócios digitais, com cada um possuindo seus diferenciais para identificação. 

E-commerce: Sendo o mais conhecido dos três, o e-commerce se diferencia dos demais trabalhando com um estoque próprio de produtos, assim como uma loja física, mas sendo virtual. Com essa função, é necessário ter a mesma atenção com catálogos, cadastros de produtos, limitações, entregas e outros dados para manter o controle. O Mercado Livre e a Enjoei são exemplos de grandes espaços deste segmento.  

Dropshipping: Neste, como você pôde ver, é o inverso do e-commerce. Você consegue sim, executar suas vendas, mas ausente de ter que lidar com qualquer forma de entrega ou pagamentos, estando fora da parte de logística, mas ainda sim, respondendo por cada ação. Temos a AliExpress como modelo. 

Marketplace: O marketplace, traduzido, significa “Shopping virtual”, ou seja, é um espaço de vendas criado exclusivamente para isso, com a presença de inúmeros fornecedores. Nele, também não há a necessidade de ter que lidar com a logística, você é apenas o intermediário para os lucros acontecerem.  A famosa Amazon se encaixa, sendo conhecida ao redor do mundo pela venda de variados produtos. 

Conseguiu captar as diferenças nos espaços? O administrador do marketplace acaba sendo apenas um intermediador das vendas. Já no dropshipping o empreendedor acaba respondendo por todas as responsabilidades dos produtos, mesmo com as entregas não sendo dependentes dele. 

Como fazer dropshipping? 

Confira como colocar em prática as ações para que o modelo de negócios faça sucesso dentro do mercado digital! 

Nicho de mercado

Para começar a fazer um dropshipping de sucesso você irá precisar definir em qual nicho de mercado deseja trabalhar. Quando é feita essa segmentação você adquire informações relevantes para conquistar seus clientes, que podem variar conforme o nicho escolhido. 

“Que tal variadas opções?” Não é uma ideia ruim para empreendedores de primeira viagem, mas pense também que muitos já investem nessa área, como a Magazine Luiza

Uma boa estratégia para ganhar mercado é perceber qual nicho não anda tão bem atendido assim, para que você possa se tornar referência e conquistar aqueles que os cercam.